Em tempos de crise, vamos nos conectar?

29.05.2018

A nossa vibe, Brasil, não está legal. Né? Vivemos esse período difícil, que, onde quer que olhemos - TV, jornal, Facebook, posto de gasolina -, fica um buraquinho esquisito no coração. Um nervoso, uma sensação de tristeza e de fim dos tempos. Medo, angústia e um troço que não sabemos explicar, mas vamos chamar de: brasileirite aguda. Medo do Brasil adoecer de vez. 

 

Só que de negatividade, amigo, a sua timeline já está cheia. O que venho propor aqui é amor. 

 

Que a gente se conecte. Conexões reais, e não 3G. Estou falando de olhar pra amiga que senta do seu lado, no trabalho, e notar que ela pode estar passando por algum problema. E acolhê-la. Reparar que a moça que te serve água no escritório, apesar de toda a crise que paira sobre o Brasil e sobre o seu próprio lar, cheio de criança pra alimentar, ela continua ali, sorridente e cheia de fé. Valorize as pessoas humildes que estão do seu lado. 

 

Valorize as pessoas.

 

Segure a mão do amigo que está precisando de carinho e diga que o ama. Olhe no olho de um desconhecido, e seja gentil. Sorria sem medo na rua. Ofereça amor, nas suas mais variadas formas.

 

Seja amor. 

 

Não tenha receio de parecer frágil. De estar vulnerável. ESTAMOS TODOS NÓS, SERES HUMANOS, PASSANDO POR ALGUM PROBLEMA. Assim, em caps lock, pra pararmos com essa mania de achar que a vida é vitrine de perfeição. E que temos que ser perfeitos. E parecermos fortes. E sermos invencíveis. ESTAMOS TODOS JUNTOS NESSA CAMINHADA DESCONHECIDA. Ninguém sabe onde vai parar. Bora dar a mão e andar junto?

 

Somos todos um só.

 

Senta no colo do seu amigo, e chora. 

Receba o amigo no colo, e abrace.

Abrace todo mundo que quiser. Distribuia afeto. Ofereça carinho. Este mundo está cheio de gente maravilhosa pra crescer junto e trocar energia do bem. Por que a gente tem tanto medo de ser o que é? De dizer coisas sinceras, de abraçar sem motivo, de ligar sem convite e de escolher ser profundo? Parece que ser frio is the new black, quando a gente mais precisa é de CALOR. QUENTURINHA NO CORAÇÃO. Em caps lock também, pra ver se a gente AQUECE O MUNDÃO, gente. EU QUERO É BOTAR FOGO - do bem - nesse Brasil e fazer o que a gente sabe fazer de melhor, que é ser fogoso. 

 

Ofereça carona, colo, comida, ou o que tiver pra dar.

Ame as pessoas.

O que o planeta tem de mais especial são elas. 

 

O mundo precisa de combustível, mas ainda mais de pessoas. NÓS somos combustível do mundo. 

 

O Brasil que eu quero? É um Brasil unido. E cheio de amor. 

 

Please reload

© 2023 by Salt & Pepper. Proudly created with Wix.com