Carnavalize-se


Pessoas que não gostam de carnaval: respeito, porém não concordo.


Risos.


Desde que me entendo por gente, sambo até com marchinha nupcial.


Se tiver confusão, muvuca e assalto a mão armada, eu tô entrando.


Mas calma, este texto não é um ode à baderna. Até porque o único ode que eu conheço é o "Ode que tá a Catuaba"?


A grande mensagem que quero passar neste manifesto carnavalesco é: você não precisa ser festeiro e bebum pra gostar de carnaval. Porque o carnaval nada mais é que um curto período no ano em que nos permitimos ser mais leves, menos encanados, mais divertidos e menos paranoicos.


Então, vá curtir o carnaval, nem que seu bloco seja o de notas.


Vá fazer alguma coisa que nunca fez.


Se permita passar vergonha.


Dance do jeito que quiser.


Fale coisas que nunca falou.


Converse com desconhecidos.


Caia sem medo (eu por exemplo caio o ano inteiro, mas no carnaval ninguém pode me julgar).


Não tenha nojinho. Já foi comprovado que gente suada, lama e banheiro químico aumentam a imunidade. Mas se a sua praia for ficar em casa, tudo bem, não tenha nojinho de você mesmo e assuma sua personalidade maluca, divertida e sem pudores.


Fale verdades.


Se entregue ao que quiser.


Não tenha medo de julgamentos.


Arrisque mais.


Planeje menos.


Curta a ressaca de ser quem você é, sem tanta censura.


Pelo menos no carnaval.

© 2023 by Salt & Pepper. Proudly created with Wix.com