Minha Brasília

21.04.2016

 

Mesmo não tendo nascido aqui, me sinto inteiramente sua.

 

Brasília tem essa coisa de "pertencimento": ou você pertence e ama, ou não pertence e odeia. 

 

Hoje pertenço tanto a Brasília que ela faz parte da minha personalidade, do meu modo de falar, de curtir ao ar livre, de sentar embaixo do bloco, de aproveitar o lago, de pedalar no Eixão, de tentar decorar quais entrequadras são fechadas e nunca conseguir.

 

É bonito ver como uma cidade que reúne pessoas de tantos lugares diferentes conseguiu, ao longo dos anos, construir a sua identidade própria. Brasília não é mais um mix de culturas, tradições e sotaques. 

 

Brasília é... Brasília. Com seu jeito tipicamente brasiliense de ser.

 

Dizem que "viajar é bom, mas voltar pra casa é ainda melhor". Pois se sua casa é em Brasília, essa frase ganha ainda mais sentido. Lá de cima, do avião, o coração já amolece ao ver os nossos caixotinhos de prédios posicionados de maneira tão certinha e plana. Vemos o lago, a ponte JK, o verde e pronto: já nos sentimos acolhidos de volta.

 

Se Brasília tivesse outro nome, ela se chamaria Véi. Porque véééi, Brasília é massa.

 

Se Brasília fosse uma pessoa, ela seria empoderada, alternativa, bem humorada e com toc de oganização. 

 

Se Brasília não fosse minha, nenhuma outra cidade do mundo seria. Parece que cada traço dela foi arquitetonicamente pensado pra me fazer feliz. 

 

Parabéns, nossa Brasília. 

Please reload

© 2023 by Salt & Pepper. Proudly created with Wix.com