O que já aprendi organizando um casamento

28.11.2014

Nunca fui dessas mulheres loucas por casamento, que sonham com o dia que entrarão de branco na igreja. Não prestava muita atenção nos detalhes das festas, só tinha olhos para o garçom.

 

Mas sempre quis celebrar o dia do meu casamento. Afinal, se faço festa até quando consigo desembrulhar uma pamonha, por que não comemorar que encontrei o amor da minha vida?

 

Nessa maratona de preparativos, é oficial: venho me tornando cada vez mais pobre apaixonada por casamentos. E algumas curiosidades desse mundo das noivas eu gostaria de compartilhar com vocês:

 

1. O cenário da organização de um casamento funciona basicamente como nosso sistema político, em que a noiva toma mais decisões que a Presidente da República, e submete seus projetos para aprovação da Câmara (mãe) e do Senado (noivo).

 

2. Às vezes finjo que estou prestando atenção em alguma coisa, mas estou só pensando se prefiro rosas ou hortênsias.

 

3. Aliás, há flores por todos os lados, há flores em tudo que eu vejo. Descobri que existe uma subclassificação das flores em nobres ou nobríssimas. Basta decidir se você vai querer ficar pobre ou pobríssima.

 

4. A quantidade de espécies de bem casados já ultrapassa as do reino animal.

 

5. Quando você fica noiva, percebe que tem desvio de personalidade. Salva referências de casamentos tradicionais, mas adora se inspirar nas festas mais alternativas. Ora se vê como uma noiva princesa, ora moderna, ora boho. Eu já não sei mais quem eu sou.

 

6. A frase mais pronunciada pelas mães durante os preparativos é: “bombom de nozes tem que ter”.

 

7. Os serviços estão cada vez mais especializados. O bolo é em um lugar, a maquete em outro, os docinhos em outro, etc. Outro dia vi uma loja anunciando: “Vendo sapatos do pé esquerdo da noiva”. A sorte é que eles me indicaram um ótimo fornecedor pro pé direito.

 

8. “O casamento deve ter a sua cara”. Pelo o jeito meu casamento vai ser de pau.

 

9. Para o noivo, o casamento é uma questão de temporalidade: whisky 8 ou 12 anos?

 

10. Segundo pesquisas, o casamento deve ser romântico, mas sem ser careta. Surpreendente, mas sem fugir do tradicional. Clássico, mas trazendo o toque da sua personalidade. Grandioso, mas sem ser brega. Sexy, sem ser vulgar. Tá fácil!

 

Please reload

© 2023 by Salt & Pepper. Proudly created with Wix.com